Projeto Office365: Entendendo Mailbox Moves em Ambientes Cross-Premises (Office 365)

 
O ambiente on-cloud Office 365 da Microsoft roda em Exchange 2010, portanto quando efetuamos um move mailbox entre mailbox databases, o processo é executado pelo Microsoft Exchange Mailbox Replication Service (que será tratado como MRS).

O MRS é um serviço que é executado nos Exchange 2010 CAS servers e é o serviço que irá receber o move request do administrador e mover a mailbox de uma database para outra. O MRS suporta os mailbox moves sendo eles online ou offline, em um ambiente cross-premisse este move é considerado online.

Este é um exemplo de como um move request (simples) é executado:

image

  1. O administrador cria o move request utilizando o New-MoveRequest;
  2. O New-MoveRequest efetua as validações necessárias na mailbox que será movida;
  3. O New-MoveRequest cria uma mensagem de request que é inserida no DB do target server;
  4. Os seguintes atributos são adicionados na conta do usuário, para armazenar informações que serão utilizadas pelo move e que serão atualizadas durante o processo:
    • msExchMailboxMoveBatchName
    • msExchMailboxMoveFlags
    • msExchMailboxMoveRemoteHostName
    • msExchMailboxMoveSourceMDBLink
    • msExchMailboxMoveStatus
    • msExchMailboxMoveTargetMDBLink
  5. 1- O New-MoveRequest aciona o MRS informando que uma nova requisição de move está pronta para o processamento;
  6. 2- O MRS atualiza o atributo msExchMailboxMoveStatus do objeto no AD;
  7. 3- O MRS inicia o sincronismo de data;
  8. 4- Assim que o sincronismo é completo, o MRS irá efetuar o “lock” da account;
  9. 5- Após o lock, o MRS iniciará o delta, aonde será feito o sincronismo de mensagens novas ou de itens alterados;
  10. 6- O MRS irá então atualizar os atributos no AD para o mailbox enabled user (nova account criada):
  11. HomeMDB
  12. HomeMTA
  13. HomeServer
  14. MSExchangeVersion
  15. Proxy Address
  16. Target Address
  17. 7- O MRS remove a source mailbox do source DB e altera o move status do msExchMailboxMoveStatus e msExchMailboxMoveFlags para “Completed”;
  18. 8- Assim que este status for atualizado, a mailbox pode ser acessada;
  19. 9- No Exchange 2010, cada instância do MRS mantém um track dos move requests. Esta fila pode ser acessada utilizando o comando “Get-MoveRequestStatistics”, como é o exemplo abaixo:

Get-MoveRequestStatistics “Exchange Server” –MoveRequestQueue “User-Mailboxes”

MRSProxy

No Exchange 2007, quando administradores tinham que efetuar mailbox moves entre diferentes florestas (cross-forest environment), era necessário habilitar o acesso MAPI entre os servidores, configurar trusts e habilitar o full administrator access para os administradores em ambas as Exchange Organizations.

O MRSProxy trabalha em conjunto com o MRS para facilitar a comunicação requerida entre o source e target server em cada floresta de Exchange Server 2010. Cada CAS server posssui uma instância do MRS e uma instância do MRSProxy como uma parte da implementação do Exchange Web Services (EWS). A grande diferença é que o MRSProxy não vem habilitado por default no CAS server.

Portanto, para efetuar um move em um ambientes cross premise ou até em um cross forest, é necessário habilitar este serviço. Para habilitar este serviço, basta configurar o arquivo de configuração (web.config) para o CAS on-premise. Lembre-se de habilitar para ambos os CAS nodes se você possui um array configurado.

Habilitando o MRSProxy

1. No servidor on-premise, abra o arquivo de configuração com o seu notepad:

<Exchange Installation Path>\V14\ClientAccess\ExchWeb\EWS\web.config

2. Altere a configuração de IsEnabled de False para True:

<!– Mailbox Replication Proxy Server configuration –>
<MRSProxyConfiguration
IsEnabled=”False”
MaxMRSConnections=”100″
DataImportTimeout=”00:01:00″ />

3. Salve e feche o arquivo;

4. Reinicie o serviço do MRS e o IIS para que as alterações tenham efeito.

 

Lembrando que ao utilizar o “Hybrid Configuration” disponível no Exchange 2010 SP2, o MRSProxy é habilitado automaticamente.

 

Até a próxima,

Diogo Heringer

clip_image001

Publicado em maio 7, 2012, em Client Acess, Configuração, Exchange On-Premise, Migração e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: