Arquivos do Blog

Exchange 2013: Interoperabilidade com versões legadas

Olá pessoal,

Uma das principais dúvidas a respeito do Exchange Server 2013 é como ele irá trabalhar com as versões anteriores de Exchange Server (2007 e 2010). O Exchange Server 2013 irá suportar a coexistência de versões legadas, trabalhando na maioria das vezes como Proxy para solicitações que forem feitas aos servidores legados.

Quando o Exchange 2013 irá atuar como Proxy? Quando o exchange irá fazer redirecionamento para um servidor legado?

A resposta das perguntas levantadas acima é relativamente simples, embora haja algumas ressalvas. Basicamente, o Exchange Server 2013 irá sempre tentar atuar como proxy para requisições de outros CAS2013 ou  de servidores legados, especialmente para o Exchange Server 2010. As únicas exceções são:

  • Exchange 2007 OWA
  • Exchange 2010 OWA ou ECP c/ ExternalUrl configurado

Baseado nas exceções citadas acima, chegamos as seguintes informações:

image

Conforme visto no quadro acima, o Exchange Server 2013 não funciona como proxy em algumas Workloads para o Exchange Server 2007, logo teremos que criar uma namespace Legado para coexistência (legacy.dominio.com.br). Este domínio será usado como endpoint para onde o usuário final será redirecionado.

A External URL do Exchange Server 2007 deverá ser configurada para legacy.dominio.com.br para que possa haver a coexistência e os redirecionamentos dos Workloads (OWA, por exemplo) funcione corretamente.

Proxy URL

Seria normal que o Exchange Server 2013 utilizasse a InternalURL para fazer com que o usuário acesse o servidor legado, fazendo um encaminhamento interno de URL, porém iso poderia causar loop, por exemplo no caso do Exchange Server 2010 que tem o apontamento da InternalURL para o Exchange Server 2013. Ao utilizar o autodiscover, por exemplo:

owa_routing_loop1

1 – Client irá conectar no autodiscover através do Exchange Server 2013

2 – O Exchange 2013 iria atuar como proxy para o Exchange 2010, é esperado que o proxy utilize a InternalUrl

3 – A InternalURL resolveria o nome DNS e apontaria novamente para o Exchange 2013

4 – Com isso teríamos um Loop no proxy do Exchange Server 2013

Obviamente que não funciona desta forma, então como funciona

Para que não aconteça isso o Exchange Server 2013 irá se conectar através do nome do servidor CAS Legado ao invés da URL especificada, por exemplo:

No caso do autodiscover citado acima ele iria utilizar a URL: https://CAS2010.contoso.com/autodiscover/autodiscover.xml

Ao invés de:

https://autodiscover.contoso.com/autodiscover/autodiscover.xml

Este processo é completamente transparente para o usuário final.

Redirecionamento

Os usuários serão redirecionados para o servidores legados de forma transparente porém os usuários terão que se autenticar novamente quando forem redirecionados para o servidor onde está armazenado sua Mailbox. Basicamente este redirecionamento é feito como nas versões anteriores do Exchange Server.

Espero que tenha ficado claro como o Exchange Server 2013 irá funcionar com servidores legados, na função de Client Access.

Fonte: michaelvh.wordpress.com

Até a próxima,

Diogo Heringer

clip_image001

Configurando o Exchange Control Panel

17634368311060220210

Hoje após assistir a “Webcast: Office 365 dicas de certificação…” e pela utilização do ECP(Exchange Control Panel) no Office365, resolvi falar um pouco sobre o ECP. A Console do Exchange Online é bem parecida com o a do Exchange On-Premise, porém na console do Exchange Online possui algumas configurações específicas de coexistência do Exchange Online x Exchange On-Premise. Vamos aos conceitos:

O Exchange Control Panel é um aplicativo da Web que é executado em um servidor “Client Access” e fornece alguns serviços para administração do Exchange Server. O ECP (Exchange Control Panel) é instalado automaticamente quando você instala um servidor “Client Access”. Para gerenciar o Exchange a partir de qualquer lugar, você só precisa digitar a URL configurada no Exchange Server no seu navegador.

Por padrão, a URL Interna do ECP é https://yourserver.yourdomain.com/ecp. Temos também que configurar nossa URL Externa e publicá-la para Internet para que possamos ter acesso de qualquer lugar que não seja nossa organização.

O recurso ECP (Exchange Control Panel) está disponível no Exchange Server 2010 SP1 ou superior. Vou mostra como iremos configurar a URL do ECP, bem parecido com o processo de configuração do OWA:

1 – Para configurarmos o ECP devemos primeiramente navegar até a guia “Server Configuration”, em seguida “Client Access” e iremos ver a aba “Exchange Control Panel”:

image

2 – Vamos dar um click-duplo em cima de “Owa (Default Web Site)”, onde irá abrir uma nova janela. Nesta janela, na guia “General” iremos preencher o campo “External URL”. O campo “Internal URL” já estará preenchido por padrão:

image

3 – Com as URLS preenchidas basta clicar em “Ok”  e nossa configuração do ECP (Exchange Control Panel) no Exchange Server está pronto, ficando pendente apenas a publicação da URL “https://mail.dheringer.com/ecp”.

4 – Para fazer o teste de funcionamento do ECP, no “Exchange Server” vamos abrir o “Internet Explorer” e digitar: “https://localhost/ecp”. Abrirá uma tela de logon idêntica a tela de logon do OWA, onde iremos digitar um usuário administrativo e senha:

Loginpage

5 –  Ao efetuar o logon no ECP, vamos ter várias opções de gerenciamento como mostra a imagem abaixo:

image

Pronto, agora podemos fazer a gerencia do nosso Exchange Server através da WEB. Lembrando que o ECP é válido tanto para o Exchange Server On-Premise quanto para o Exchange Online, alterando apenas a URL de acesso.

Em breve irei mostrar como configurar a RBAC (Role Based Access Control) através do ECP (Exchange Control Panel) e também através dos Cmdlets.

Até a próxima!

Abraços,

Diogo Heringer

clip_image001

Configurando o Outlook Web App (OWA)

smtp

 

Uma das facilidades que o Exchange Server nos fornece é o acesso ao e-mail, calendário e tarefas via browser. Afunção do Exchange Server responsável por promover este acesso é o “Client Access”. A ferramenta que iremos utilizar para este acesso é o “Outlook Web App”. Através de sua configuração vamos definir uma URL para que os usuários possam acessar ter acesso ao Outlook Web App.

Para configurarmos o OWA devemos primeiramente navegar até a guia “Server Configuration”, em seguida “Client Access” e iremos ver a aba “Outlook Web App”:

 

image

 

Vamos dar um click-duplo em cima de “Owa (Default Web Site)”, onde irá abrir uma nova janela. Nesta janela, na guia “General” iremos preencher o campo “External URL”. O campo “Internal URL” já estará preenchido por padrão:

 

image

 

Configurado a URL podemos passar para a guia “Authentication”. Temos que marcar o Check Box “Use Forms-Based Authentication” e em seguida o Check Box “User Name Only”. Ao marcar o segundo checkbox vamos clicar em “Browse” onde abrirá uma janela com o nome do nosso domínio interno cadastrado, que iremos marca-lo e clicar em “OK”:

 

image

 

Ao clicar em “Ok” voltaremos para tela anterior onde iremos clicar em “Ok” novamente. Agora nosso OWA está configurado corretamente no Exchange Server.

 

image

 

Ao aplicar as alterações o Exchange Server irá nos dar um “Warning” pedindo para que o IIS seja reiniciado. Para isto vamos abrir o prompt de comandos e digitar o comando: IISRESET

 

image

 

Um detalhe importante é configurarmos o nosso diretório do IIS para fazer o redirecionamento de site. Este redirecionamento será utilizado para que quando o usuário acessar “mail.dheringer.com” no browser, ele será automaticamente redirecionado para “mail.dheringer.com/owa”.

Vamos no “Menu Iniciar” em seguida “Administrative Tools”, onde irá se expandir em várias ferramentas de gerenciamento. Vamos clicar em “IIS Manager”:

 

image

 

Na console do IIS vamos navegar até “Default Web Site”:

 

image

 

Agora no painel ao lado vamos dar um duplo-click em “HTTP Redirect”:

image

 

Na janela aberta vamos configurar o campo “Redirect requests to this destination” com o valor “/owa”, e vamos marcar o checkbox “Only redirect requests to content in this directory (not subdirectories).

 

Capturar

 

Finalmente nosso OWA está configurado corretamente. Lembrando apenas que a “Configuração do Serviço” Microsoft Exchange Forms Based Authentication deve estar configurado como “Automatic” e o serviço deve estar com o status “Started”.

image

Abraço a todos,

Diogo Heringer

clip_image001