Arquivos do Blog

Exchange Server 2013: Receive Connectors

Olá pessoal,

Conforme prometido segue o segundo video da série Exchange Server 2013 preview onde iremos aprender a configurar os nossos Receive Connectors.

O primeiro videocast da série foi a configuração dos Accepted Domains. Ao assistir os 3 primeiros vídeos desta série você estará apto a configurar o Exchange Server 2013 para o Envio/Recebimento de e-mails:

 

Até próxima,

Diogo Heringer

clip_image001

Exchange Server 2013: Video Casts

 

 

Olá pessoal,

Com o lançamento do Exchange Server 2013 Preview resolvi criar uma série de Videocasts onde irei mostrar algumas configurações básicas e avançadas no Exchange Server 2013.

Pretendo fazer em torno de 20 vídeos nesta série e complementar com posts o conteúdo que não estará nos vídeos.

O primeiro videocast da série é sobre a configuração de Accepted Domains que vocês podem conferir abaixo:

 

 

Após assistirem esta demonstração vocês já estarão aptos a configurar e entender os tipos de Accepted Domains.

 

Até  próxima,

Diogo Heringer

clip_image001

Exchange Server 2013 Preview: Criando uma MailboxDatabase

 

 

Olá pessoal,

As Databases no Exchange Server 2013 não sofreram alterações quanto a sua criação. A principal alteração foi quanto ao servicço Store.exe que agora é executado um por Database criada, desta forma otimizou bastante o desempenho do serviços e em caso de um desastre não é necessário parar todas as Databases.

Segue o procedimento de criação de Database:

 

1 – No EAC (Exchange Admin Center) navegar até Servers > Databases e em seguida clicar no botão “+”:

 

DB - 1

 

2 – Na janela que se abrirá vamos preencher o “Nome” da Database, o “Server” e o “Local de Armazenamento”:

 

DB - 3

 

(Janela aberta ao clicar no botão “Browse” para selecionar o Server)

DB - 2

 

3 – Clicar em “Save” e a Database será criada com sucesso!

 

Até a próxima,

Diogo Heringer

clip_image001

Exchange Server 2013 Preview: Entendendo o Hybrid Configuration

 

 

 

Olá pessoal,

Com o lançamento do Exchange Server 2013 e sem a role de Hub Transport, nossas configurações de Hybrid Configuration também sofreram algumas alterações.

Neste post veremos as principais diferenças e novidades no Hybrid Configuration do Exchange Server 2013 e também como é o seu funcionamento (Engine).

As principais novidades do Hybrid Configuration no Exchange Server 2013 são:

  • Redução de Ferramentas de Configuração –> No Exchange Server 2010 SP1 era necessário em torno de 50 etapas manuais para a configuração do ambiente de federação com o Exchange Online. Com o lançamento do Exchange Server 2010 SP2, e a criação da aba Hybrid Configuration, estes passos foram bastante reduzidos, resultando em apenas duas etapas:
    New Hybrid Configuration e Manage Hybrid Configuration
    No Exchange Server 2013 os dois passos citados acima foram integrados, e podem ser feitos através de um único Wizard.

    • Assistente de Configuração Simplificado –> No Exchange Server 2010 umas das etapas necessárias no Hybrid Configuration Wizard era selecionar os servidores de Client Access e Hub Transports, que seriam utilizados pelo Hybrid Configuration.
      Agora com o Exchange Server 2013 é necessário somente a seleção dos servidores de Mailbox (Mailbox Server), e caso você tenha um servidor de Edge Transport ele também deverá ser inserido no Hybrid Configuration Wizard.
    •  Suporte a integração do Edge Server –> Para a configuração do Edge Transport server no ambiente híbrido de Exchange Server 2010, era necessário várias e extensas configurações para que o fluxo de e-mails funcionasse corretamente.
      Com o novo Hybrid Configuration Wizard podemos configurar através de poucos passos os servidores de Edge Transport para fazer parte do ambiente híbrido. O Hybrid Configuration suporta que você faça a seleção de um ou mais servidores de Edge Transport (Exchange 2010) e eles são automaticamente configurados.
    • Status no processo de configuração –> Quando utilizamos o Hybrid Configuration Wizard no Exchange Server 2010 não temos um status detalhado do progresso da configuração.
      No Exchange Server 2013 temos um status detalhado e progressivo de todas ações que estão sendo feitas pelo serviço de Hybrid Configuration
    • Melhoria do Log no Hybrid Configuration –> O Exchange Server 2013 nos proporciona um log detalhado e mostra todas as etapas, passo a passo, e quais etapas tiveram êxito ou falha durante a configuração do ambiente híbrido.

 

O ambiente de Exchange Server 2013 antes da configuração do Hybrid Configuration tem o funcionamento conforme a figura abaixo:

 

image

 

  1. O Servidor de CAS (Front End) faz o envio para mensagens na Internet, bem como o recebimento de mensagens dos domínios externos.
  2. Os usuários remotos acessam o OWA normalmente através do CAS
  3. Os envios de mensagens internos são feitos através do Mailbox Server

 

O ambiente após a configuração do Hybrid Configuration no Exchange Server 2013 funcionará da seguinte forma:

 

image

  1. Usuários On-Premise e Online utilizarão suas credenciais do Active Directory para acessar seu Mailbox.
  2. Usuários On-Premise e Online irão compartilhar o mesmo nome de domínio, ou seja, teremos Mailbox On-Premise com o sufixo @contoso.com e também Mailbox Online com o sufixo @contoso.com.
  3. É possível configurar para que todos os e-mails sejam enviados à partir do ambiente On-Premise.
  4. Teremos uma única URL De OWA
  5. Calendários, MailTips, MessageTracking, Mailbox Search Cross-Premise

 

O ambiente híbrido no Exchange Server 2013 não sofreu muitas alterações quanto as funcionalidades. Ele possui todas as funcionalidades do Exchange Server 2010, o que foi alterado é quais os servidores irão fazer parte do Hybrid Configuration. Apesar de ser necessário a instalação de um Client Access, ao configurar o Hybrid Configuration vamos adicionar apenas o Mailbox Server conforme falado no primeiro tópico deste post.

 

Hybrid Configuration Engine

image

 

  1. O cmdlet Update-HybridConfiguration irá desencadear o início do processo do Hybrid Configuration Engine.
  2. O Hybrid Configuration Engine irá fazer a leitura do estado do objeto Hybrid Configuration Active Directory.
  3. O Hybrid Configuration Engine fará a descoberta dos dados e das configurações atuais referentes ao Exchange On-Premise
  4. O Hybrid Configuration Engine fará a descoberta dos dados e das configurações atuais referentes ao Exchange Online
  5. Baseado nas informações coletadas no item 3 e 4 o Hybrid Configuration Engine estabelece as diferenças entre o ambiente On-Premise e o ambiente Online e irá executar as ações necessárias para estabelecer uma nova configuração no “Desired State”.

 

Agora já sabemos como é o funcionamento do Hybrid Configuration no
Exchange Server 2013/Exchange Online.

 

Fonte: Microsoft Technet

Até a próxima,

Diogo Heringer

clip_image001

Exchange Online Preview: Gerenciando Public Folders

 

image

 

 

Olá pessoal,

Depois de diversas discussões e especulações a respeito de Public Folders no Exchange Server em geral, a Microsoft decidiu agregar as Public Folders no Exchange Online Preview. O interessante deste recurso no Exchange Online é que com o Hybrid Configuration o usuário poderá ter o seu Mailbox no Exchange Online acessando as Public Folders do ambiente On-Premise.

Existe também a possibilidade de criação de Public Folders diretamente no Exchange Online. O conceito de Public Folders no Exchange Online é um pouco diferente do que estamos acostumados.

No Exchange Online é necessário criar uma Public Folder Mailbox, ao invés de uma Public Folder Database e posteriormente criar as Public Folders desejadas. Vamos ao processo de criação:

 

1 – No portal do Office 365 navegar até “Admin” e em seguida “Exchange”:

 

PF 1

 

 

2 – Na console de gerenciamento do Exchange, clicar em “Public Folders” e clicar na aba “Public Folders Mailbox”:

 

PF Mailboxes

 

3 – Clicar no ícone “+”, escolher uma nome para a “Public Folder Mailbox” e clicar no botão “Save”:

 

PF 2

                                           Public Folder Mailbox criado com sucesso!

 

4 – Abrir a aba “Public Folders” e clicar no botão “+”.  Escolher um nome para a “Public Folder” e clicar em “Save”.

 

PF 4

Notem que assim como nas versões On-Premise do Exchange Server, temos a Public Folder raiz que é a “\”:

 

5 – Para habilitar o envio de e-mails para a Public Folder “Office365” basta selecioná-la e no painel a direita clicar em “Enable”:

 

PF 5

 

Ao aparecer a mensagem de confirmação clicar em “Yes”:

 

PF 6

 

6 – Verificar se a Public Folder “Office365” se tornou “Mail Enabled”:

 

PF 7

 

7 – Ao clicar duas vezes na Public Folder “Office 365” podemos editar suas propriedades:

 

PF

 

•General:Nome da Public Folder
•Statistics: Contadores
•Limits: Definir Quotas
•General mail properties: Alias, Display Name, Atributos Customizados
•Emails Addresses: Endereços SMTP adicionais para a Public Folder
•Member Of: Adicionar a Public Folder a grupos de distribuição
•Delivery Options: Configurar “Send As”, “Send on behalf”, and “Forwarding”
•Mail Flow Settings: Restrições de entrega e envio de mensagens

 

8 – Para criar uma Sub-Pasta dentro da Public Folder “Office365”, vamos digitar “Office365” no campo de “Search” e em seguida executar a busca:

 

PF 8

 

9 – Ao concluir a busca teremos a seguinte tela:

 

PF 9

 

10 – Clicar no botão “+” e escolher uma nome para a Sub-Pasta. Clicar em “Save”.

 

Notem que o caminho onde a pasta será criada é “\Office365”:

PF 10

 

11 – Pronto! Sua estrutura de Public Folders está criada e pronta para uso, vamos abrir o Outlook 2013 para poder visualizar as Public Folders criadas.

 

clip_image001

 

 

12 – Agora o usuário já pode acessar as Public Folders criadas no Exchange Online Preview:

 

clip_image001[5]

 

Até a próxima,

Diogo Heringer

clip_image001

Step-by-Step: Instalação Exchange Server 2013

 

Olá pessoal,

Neste artigo vamos aprender a fazer a Instalação do Exchange Server 2013 (CAS E MB) em um único servidor. São necessários alguns pré-requisitos que também serão mostrados e é de extrema importância também validar o ambiente de Active Directory antes da instalação do mesmo. Vamos la:

 

Pré Requisitos – Active Directory

 

 

image

image

 

Pré Requisitos – S.O

image

 

image

 

Pré Requisitos – Clients Suportados

 

560967_473763122636330_47132140_n

 

  • Outlook 2013 Preview
  • Outlook 2010 SP1 with April 2012 Cumulative Update
  • Outlook 2007 SP3 with July 2012 Cumulative Update
  • Entourage 2008 for Mac, Web Services Edition
  • Outlook for Mac 2011

 

Instalação do Exchange Server 2013

1 – Instale os Pré-Requisitos do Exchange Server 2013 de acordo com seu S.O:

 

image

 

  • Abrir o Windows PowerShell no servidor que será instalado o Exchange Server 2013
  • Install-WindowsFeature RSAT-ADDS
  • Install-WindowsFeature AS-HTTP-Activation, Desktop-Experience, NET-Framework-45-Features, RPC-over-HTTP-proxy, RSAT-Clustering, Web-Mgmt-Console, WAS-Process-Model, Web-Asp-Net45, Web-Basic-Auth, Web-Client-Auth, Web-Digest-Auth, Web-Dir-Browsing, Web-Dyn-Compression, Web-Http-Errors, Web-Http-Logging, Web-Http-Redirect, Web-Http-Tracing, Web-ISAPI-Ext, Web-ISAPI-Filter, Web-Lgcy-Mgmt-Console, Web-Metabase, Web-Mgmt-Console, Web-Mgmt-Service, Web-Net-Ext45, Web-Request-Monitor, Web-Server, Web-Stat-Compression, Web-Static-Content, Web-Windows-Auth, Web-WMI, Windows-Identity-Foundation
  • Instalar o Microsoft Office 2010 Filter Pack SP1 64 bit

    Após a instalação dos pré-requisitos do Exchange Server 2013 Preview é necessário a desinstalação do Microsoft Visual C++ 11 Beta Redistributable (x64). Para isso vamos seguir os seguintes passos:

    1. Navegar até Control Panel > Programs and Features.
    2. Selecionar Visual C++ 11 Beta Redistributable (x64) – 11.0.50531 e clicar em “Uninstall
    3. Quando o Microsoft Visual C++ 11 Beta for desinstalado, clicar em “Close”.

     

 

 

 

Com todos os pré-requisitos instalados vamos agora a instalação do Exchange Server 2013:

 

1 – Após o rodar o arquivo executável Setup.exe, na tela de Introdução vamos clicar em “Next”:

 

 

Ex1

 

2 – Aceitar os Termos de Contrato e clicar em “Next”:

 

Ex2

 

3 – Na tela de envio de informações a Microsoft, vamos marcar “No”, pois é um ambiente de teste. Clicar em “Next”:

 

Ex3

 

4 – Na tela de Checagem de Software vamos clicar em “Next”:

 

Ex4

 

5 – Em “Server Selection Role” vamos marcar os Checkbox referentes ao “CAS” e “MB”. Selecionar também o Checkbox referente a instalação dos pré-requisitos de Roles and Features, embora eles já tenham sido instalados se existir algum erro na instalação das Roles e Features ele irá corrigir automaticamente.

Clicar em “Next

 

Ex5

 

6 – Manter o local de instalação padrão do Exchange e clicar em “Next”:

 

Ex6

 

7 – Em “Exchange Organization” vamos inserir o nome da Organização Exchange e clicar em “Next”:

 

Ex7

 

8 – Desabilitar o “Scanner de Malware” e clicar em “Next”:

 

Ex8

 

9 – Inserir a URL Externa do CAS (Client Access Server) e clicar em “Next”:

 

Ex9

 

10 – Em “Improvement Program” vamos marcar “No” e clicar em “Next”:

 

Ex10

 

11 – Aguardar a conclusão do “Readiness Checks”:

 

Ex11

 

Ex12

 

12 – Aguardar a instalação ser concluída com sucesso:

 

Ex14

 

13 – A instalação foi concluída com sucesso!

 

Pronto? Ainda não! O Exchange Server 2013 não possui mais o Exchange Management Console (EMC), agora gerenciamos nosso servidor através do EAC (Exchange Admin Center) e o EMS (Exchange Management Shell) foi mantido.

Para acessar o servidor basta abrirmos um Browser e digitar a URL:

https://nomedoservidor/ecp

 

image

 

Os CMDLEST disponíveis para gerenciamento do Exchange Server 2013 através do EMS (Exchange Management Shell) são:

Add-GlobalMonitoringOverride
Add-ResubmitRequest
Add-ServerMonitoringOverride
Clear-MobileDevice
Complete-MigrationBatch
Disable-App
Disable-MailboxQuarantine
Disable-UMCallAnsweringRule
Dump-ProvisioningCache
Enable-App
Enable-MailboxQuarantine
Enable-UMCallAnsweringRule
Export-DlpPolicyCollection
Export-MigrationReport
Get-ActiveSyncDeviceAutoblockThreshold
Get-App
Get-AuthConfig
Get-AuthServer
Get-CalendarDiagnosticAnalysis
Get-ClassificationRuleCollection
Get-DataClassification
Get-DlpPolicy
Get-DlpPolicyTemplate
Get-ExchangeServerAccessLicense
Get-ExchangeServerAccessLicenseUser
Get-FrontendTransportServer
Get-FrontendTransportService
Get-GlobalMonitoringOverride
Get-HealthReport
Get-InterceptorRule
Get-MailboxSearch
Get-MailboxTransportService
Get-MalwareFilteringServer
Get-MalwareFilterPolicy
Get-MalwareFilterRecoveryItem
Get-MigrationBatch
Get-MigrationConfig
Get-MigrationEndpoint
Get-MigrationStatistics
Get-MigrationUser
Get-MigrationUserStatistics
Get-MobileDevice
Get-MobileDeviceMailboxPolicy
Get-MobileDeviceStatistics
Get-MonitoringItemHelp
Get-MonitoringItemIdentity
Get-Notification
Get-PartnerApplication
Get-PendingFederatedDomain
Get-PolicyTipConfig
Get-PublicFolderMailboxDiagnostics
Get-PublicFolderMigrationRequest
Get-PublicFolderMigrationRequestStatistics
Get-PublicFolderMoveRequest
Get-PublicFolderMoveRequestStatistics
Get-QueueDigest
Get-ResourcePolicy
Get-ResubmitRequest
Get-ServerComponentState
Get-ServerHealth
Get-ServerMonitoringOverride
Get-SiteMailbox
Get-SiteMailboxDiagnostics
Get-SiteMailboxProvisioningPolicy
Get-TeamMailbox
Get-TeamMailboxDiagnostics
Get-TeamMailboxProvisioningPolicy
Get-TransportService
Get-UMCallAnsweringRule
Get-UMCallRouterSettings
Get-UMMailboxConfiguration
Get-UMPhoneSession
Get-UserPhoto
Get-WorkloadManagementPolicy
Get-WorkloadPolicy
Import-DlpPolicyCollection
Import-DlpPolicyTemplate
Invoke-MonitoringProbe
New-App
New-AuthServer
New-ClassificationRuleCollection
New-DlpPolicy
New-InterceptorRule
New-MailboxSearch
New-MalwareFilterPolicy
New-MigrationBatch
New-MigrationEndpoint
New-MobileDeviceMailboxPolicy
New-PartnerApplication
New-PolicyTipConfig
New-PowerShellVirtualDirectory
New-PublicFolderMigrationRequest
New-PublicFolderMoveRequest
New-ResourcePolicy
New-SiteMailbox
New-SiteMailboxProvisioningPolicy
New-TeamMailbox
New-TeamMailboxProvisioningPolicy
New-UMCallAnsweringRule
New-WorkloadManagementPolicy
New-WorkloadPolicy

 

Até a próxima,

Diogo Heringer

clip_image001